notícias

Portugal aceitará certificados digitais de vacinação de turistas brasileiros

10/09/2021 -

Fonte: O Globo

O anúncio foi feito pelo ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, durante a 5ª Conferência Global de Enoturismo da Organização Mundial de Turismo, em Monsaraz, no Alentejo.

Após a reabertura de Portugal para viagens não essenciais, os turistas brasileiros que quiserem frequentar mesas interiores de cafés e restaurantes nos finais de semana, por exemplo, precisam apresentar testes negativos à Covid-19.

A alternativa aos testes é a apresentação do Certificado Digital Covid-19 da União Europeia, emitido por países do bloco para confirmar a vacinação completa ou recuperação da doença.

Em vários eventos com número significativo de público, como a própria conferência no Alentejo à qual o Portugal Giro esteve presente, o certificado digital - ou teste - são exigidos, assim como para registro em hotéis.

O turista sem certificado europeu precisa fazer testes a cada um destes momentos, o que aumenta os custos e pode pôr obstáculos às viagens.

Siza não especificou uma data, mas afirmou que o governo trabalha atualmente para encontrar uma solução técnica nas próximas semanas.

- Aquilo que temos que assegurar é termos a capacidade de fazer a leitura eletrônica dos certificados estrangeiros, verificar quais são os requisitos formais para o reconhecimento e técnicos que nos garantam a integridade disto. Estamos a trabalhar neste momento sobre estes aspectos e esperamos nas próximas semanas dar o quadro de referência para o reconhecimento dos certificados digitais dos países que não pertencem à União Europeia (UE) - disse Siza em entrevista aos jornalistas brasileiros.

O ministro explicou que um certificado de vacinação expedido no Brasil precisará se adaptar ao padrão tecnológico da UE para poder ser aceito em Portugal.

- Na UE, temos um padrão técnico único. Um certificado emitido na França pode ser lido em Portugal. Precisamos, agora, fazer um trabalho mais específico para os que não são da UE - declarou Siza.

confira outras notícias

contato

zaite